Notícias


09/10/2014

José Carlos Peres - Personagem na Unificação dos Títulos Brasileiros de Futebol-Santos F.C.

“ O Santos é oito vezes campeão brasileiro”

 

O futebol brasileiro é feito de grandes histórias e de grandes craques, dentro e fora dos gramados. José Carlos Peres, paulista, empresário e santista até ponta dos cabelos, é um deles. Quem o conhece, sabe da sua luta, da sua seriedade e do seu compromisso em defesa do Santos e do futebol paulista. 

O que muitos não sabem é que além de sua trajetória de sucesso como dirigente esportivo, conselheiro do Santos, fundador da ONG Viva Santos, diretor da Federação Paulista de Futebol e do G-4 Aliança Paulista, Peres também é uma das grandes estrelas do alvinegro santista, responsável por um dos mais importantes capítulos do Santos Futebol Clube, para alegria de milhões de torcedores em todo o mundo.

   

 

José Carlos Peres liderou um grande projeto de pesquisa, com entrevistas e depoimentos de dirigentes, personalidades e atletas, como o rei Pelé, Ademir da Guia, Paulo Cezar Cajú, Beluzzo, sobre os campeonatos e torneios brasileiros disputados antes de 1971 - quando surgiu o atual Campeonato Brasileiro –, que culminou com o livro: “Dossiê de Unificação dos Títulos Brasileiros a partir de 1959”.

A obra é o registro de uma época de ouro dos nossos gramados e permitiu a reparação de uma injustiça histórica do nosso futebol: o reconhecimento dos títulos dos clubes e dos campeões nacionais de 1959 a 1970, quando Pelé, Tostão e Pepe, entre outros craques, encantaram torcedores de todo o País, mas mesmo assim, não eram reconhecidos como legítimos campeões brasileiros.

O “Dossiê” foi entregue à Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que em 2010 reconheceu e unificou os títulos brasileiros, conferindo o devido valor aos jogadores que tornaram o Brasil sinônimo de futebol-arte e a vários clubes que conquistaram seu legítimo lugar entre os grandes do futebol nacional. 

Com o reconhecimento dos títulos do Peixe na Taça Brasil (1961 a 1965), do Torneio Roberto Gomes Pedrosa (1968), mais as duas conquistas do Brasileirão (2002 e 2004), o Santos foi confirmado, com mérito e justiça, o grande campeão brasileiro de todos os tempos, com oito campeonatos nacionais.

Um verdadeiro gol de placa que enche de orgulho a nação santista!